financas‎ > ‎

Dólar ainda tem mais espaço para subir

postado em 16 de ago de 2013 04:27 por Marco Aurelio Zoqui   [ 16 de ago de 2013 04:28 atualizado‎(s)‎ ]

16/08/13 - Longo processo de estímulo à economia americana feita pelo FED está terminando e, com isso, país deve atrair mais capital com alta dos juros.

Pra onde vai parar o dolar? Frente ao Real o Dolar já subiu 3,9% em junho, 3,4% em julho e agora em agosto 2,3% de alta acumulada. Só neste ano 14,7%. E isso então é muito maior do que rendeu outros investimentos financeiros. Mas olhando nos gráficos mais de longo prazo, o dolar parece que está barato, confira: A primeira vez que o dolar atingiu R$2,35 que é o nosso preço de hoje, foi em junho de 2001, 12 anos atras. De lá pra cá nós tivemos uma boa inflação em Reais, e o Dolar ainda está naquele mesmo precinho lá de 2001. No ano seguinte em 2002, nós tivemos uma crise na Argentina que contaminou o Brasil e também um grande stress no mercado brasileiro por conta das eleições presidenciais. Resultado, o dolar chegou a quase R$4,00 lá em 2002. De lá pra cá o Dolar desvalorizou-se bastante, chegou ao valor mínimo de R$ 1,58 em 2008. Lá em 2008, aconteceu no segundo semestre aquela crise internacional a cotação chegou a R$2,50, e ele cedeu nos meses seguintes chegando ao mínino de R$1,55 em 2011. De lá pra cá a tendência de alta tem sido bastante nítida no gráfico, tem sido uma alta gradual mas consistente. Na minha opinião o dolar tem mais espaço pra subir frente ao Real. Mas não só frente ao Real, frente a quase todas as outras moedas no mundo. E motivo é muito simples: o longo processo de estímulo à economia americana feito pelo FED, o banco central americano, tá chegando ao final. O juros tendem a subir no mercado americano e isso atrai capital, aquele mesmo capital que saiu em busca de rendimentos maiores ao redor do mundo. Esse capital vai voltar para os Estados Unidos. A chamada então abundância de liquidez, que foi uma constante nos primeiros anos do século 21 parece que está com dias, ou melhor, com meses contados. Moral da estória: quem tem dívida em dólares deve se proteger. Quem quiser gastar em dólares no futuro tem que buscar uma proteção através de um fundo cambial ou então da compra antecipada de dólares de maneira oficial. Acertar qual vai ser a taxa de cambio na semana que vem é uma tarefa muito arriscada, mas eu não acho muito difícil arriscar que nos próximos dois anos o dolar vai dar mais um galope frente ao Real. Repito aquele palpite que eu dei aqui há algumas semanas: eu acredito que o dolar vai ganhar da renda fixa no Brasil nos próximos dois anos, mas sempre existe uma elevada dose de risco nesses tipos de previsões. Só pode apostar nisso quem estiver preparado para perdas. Enquanto isso não deixe de aproveitar o fim de semana com sua família.

Mauro Halfeld pra CBN


Todos os comentários de Mauro Halfeld estão arquivados no site www.cbn.com.br
Transcrição autorizada do podcast de Mauro Halfeld para CBN