financas‎ > ‎

Troquei de emprego por temer uma crise no setor automobilístico

postado em 3 de jul de 2013 04:52 por Marco Aurelio Zoqui   [ 3 de jul de 2013 04:52 atualizado‎(s)‎ ]

03/07/13 - A fase da euforia na venda de automóveis no Brasil passou

Olá, hoje eu respondo a mais um e-mail recebido em cbndinheiro@cbn.com.br.
Trabalho numa revenda de automóveis. Estou com dívidas e preciso sana-las urgentemente. As dívidas são: cartão de crédito R$2500,00, condomínio atrasado 3 parcelas de R$350.00 e outras pequenas contas de no máximo R$1000,00 totalizando R$4500,00 a R$5000,00. Pedi minha demissão pra usar o dinheiro que eu vou receber e sanear minhas finanças. Foi a única maneira que encontrei porque não quero que elas cresçam mais e virem uma avalanche em minha vida financeira. Tive uma proposta de emprego numa outra revenda de automóveis e vou aceita-la. Esta outra marca, tem preços menores e acredito que ela vá ter um desempenho melhor se o Brasil entrar em crise. Fiz a coisa certa?

Meu comentário:

Você está sendo bastante corajosa e determinada. Eu acho que sua decisão está acertada. Primeiro você está matando a dívida, fugindo dos juros absurdos que ainda são cobrados pela maioria dos bancos no Brasil. Depois porque você está sendo bastante prudente ao procurar um novo emprego que seja mais protegido de crises. Eu acredito que a fase de euforia de automóveis no Brasil passou e você tem razão de procurar uma empresa que tenha preços mais adequados a essa nova fase automóveis. Prossiga e daqui pra frente controle os seus gastos com orçamento pra você não passar por outros sustos como este.




Mauro Halfeld pra CBN


Todos os comentários de Mauro Halfeld estão arquivados no site www.cbn.com.br
Transcrição autorizada do podcast de Mauro Halfeld para CBN