financas‎ > ‎

INSS é o plano mais completo do mercado

postado em 17 de mai de 2013 04:50 por Marco Aurelio Zoqui   [ 17 de mai de 2013 04:50 atualizado‎(s)‎ ]

17/05/13 - Contribuição até o teto é válida por ele ser o único que garante cobertura por invalidez temporária e permanente. O plano de previdência privada pode ser deixado para depois, com a montagem de uma carteira de investimentos para o longo prazo.

Olá, o texto da ouvinte de hoje é o seguinte:

Sou médica, tenho 30 anos, terminei minha residência ha cerca de 3 meses, e achei que era hora de contratar um plano de previdência privada. Fiz um VGBL, com V de vida, com tributação regressiva. Contribuo com R$500,00 por mês, taxa de administração 1,75% ao ano. A taxa de carregamento vai de diminuindo até chegar a zero, depois de 5 anos. A minha primeira dúvida: tal plano investe 100% em renda fixa, pela minha idade eu deveria mudar para um outro plano que investisse parte do dinheiro em renda variável mesmo que a taxa de administração aumentasse? Segunda dúvida: antes de aumentar os aportes nesse plano de previdência para obter taxas de administração menores, seria interessante eu pagar até o teto de contribuição no INSS?

Meu comentário:

Eu considero o INSS o plano mais completo do mercado. Por exemplo, ele é o único que garante para você, cobertura no caso de invalidez temporária ou de invalidez permanente. Então eu contribuiria sim até o limite máximo, até o teto lá pro INSS. Só depois eu penso que você deveria fazer previdência complementar, previdência privada. Quanto a esse seu VGBL, que só investe em renda fixa, ele tá com uma taxa de administração alta e por isso mesmo ele deve estar rendendo pouco. Sugiro abrir uma conta no Home Broker do seu banco, ou então numa corretora independente, e montar você mesmo uma carteira de investimentos para o longo prazo. Tesouro Direto, ETFs que são fundos de ações listados na bolsa, eles são negociados como se fossem uma ação, mas na verdade são um conjunto de ações. Eles cobram as menores taxas de administração do mercado. Essa combinação: Tesouro Direto, ETFs e também um pouco de fundo imobiliário, esse conjunto vai lhe proporcionar melhor diversificação e maior rentabilidade no longo prazo.

Não deixe de aproveitar o fim de semana com sua família.


Mauro Halfeld pra CBN


Todos os comentários de Mauro Halfeld estão arquivados no site www.cbn.com.br
Transcrição autorizada do podcast de Mauro Halfeld para CBN