financas‎ > ‎

Qual a melhor opção para investir R$ 15 mil no Tesouro Direto?

postado em 3 de mai de 2013 05:29 por Marco Aurelio Zoqui   [ 3 de mai de 2013 05:29 atualizado‎(s)‎ ]

11/04/13 - Evite as Notas do Tesouro Nacional indexadas ao IPCA e as LTNs.

Olá, respondo a e-mail recebido em cbndinheiro@cbn.com.br.
Tenho 30 anos, sou casado, não tenho filhos. Nossa renda líquida, da família é de R$6.000,00. Possuo, um imóvel no valor de R$240.000,00, porém ainda financio R$87.000,00 em prestações de R$640,00 por mês. Possuo, dois carros que juntos valem R$25.000,00. Um deles está quitado, e o outro tem ainda uma prestação de R$340,00. Do salário que nos sobra, conseguimos poupar R$2.500,00. Tenho ainda R$25.000,00 na poupança, e uma previdência privada onde todo mês aplico R$50,00. Não estou satisfeito com o rendimento da poupança, e gostaria de pegar R$15.000,00 pra investir em algo que tenha uma rentabilidade maior, por exemplo o Tesouro Direto. Porém não sei qual é a melhor opção, no Tesouro Direto. Visando o longo prazo, 20 ou 25 anos, eu gostaria de acumular uma boa reserva e peço sua ajuda.

Meu comentário:

Parabéns pela grande disciplina do casal que está sabendo aproveitar esse período ainda sem filhos, pra fazer um belo pé de meia. De uma renda então de R$6.000,00, vocês estão conseguindo quase a metade. e ainda pagam uma prestação da casa. Excelente. Quanto aos investimentos: se você não está satisfeito com o rendimento da poupança também não deve estar feliz com seu fundo de previdência. Se ele aceita depósito pequenos ai de R$50,00 certamente, esse fundo está lhe cobrando uma taxa de administração bem alta. É bom conferir. E pra onde mudar? Tesouro Direto é ainda uma boa opção. Mas evite as notas do Tesouro Nacional indexadas ao IPCA, são aqueles papéis de prazo mais longos, e as LTNs que são papéis com juros pré-fixados. Esses papéis devem continuar dando prejuízos no seu valor de mercado nos próximos meses. A melhor alternativa hoje são as LFTs, que vão acompanhar essa possível alta na taxa SELIC e que não oferecem riscos de oscilação no preço de mercado, como os papéis mais longos acabam oferecendo. Quando a temporada de alta da SELIC terminar, ai sim vai valer a pena você voltar a aplicar nos papéis de longo prazo que acompanham a inflação, indexados ao IPCA, as Notas do Tesouro Nacional.



Mauro Halfeld pra CBN


Todos os comentários de Mauro Halfeld estão arquivados no site www.cbn.com.br
Transcrição autorizada do podcast de Mauro Halfeld para CBN