financas‎ > ‎

Situação das ações na Bovespa é preocupante

postado em 29 de abr de 2013 06:13 por Marco Aurelio Zoqui   [ 29 de abr de 2013 06:14 atualizado‎(s)‎ ]

03/04/13 - Em dia de euforia na Europa e EUA, Ibovespa recuou 1,8%.

É preocupante a situação das ações na Bovespa. Num dia de euforia lá na Europa, e nos Estados Unidos, ontem o IBOVESPA acabou recuando 1,8%. O mau humor tem algumas explicações. E o mercado internacional tá considerando as ações brasileiras caras e sem perspectivas do pais voltar a crescer naquele ritmo que tava todo mundo esperando. Hoje o mercado de renda fixa, está ansioso pra ver o início de um novo ciclo de alta na taxa SELIC pra combater a inflação, que segundo ai o presidente do Banco Central está sob controle, mas tem riscos. Ontem o presidente do Banco Central, acabou dando uma no cravo e outra na ferradura. Na prática da economia do dia-a-dia, isso se chama: prudência. Ponto pra ele. Neste cenário então, papéis e fundos com juros pré-fixados, estão perdendo bastante nos últimos dias. Há já um consenso de que ai, o Banco Central, vai aumentar a taxa SELIC nas próximas semanas, talvez agora na próxima reunião do COPOM. O desafio do mercado é descobrir a data deste início, e a dose do aumento que teremos ai nos juros. No mesmo sentido então os fundos de inflação e os papéis de longo prazo do Tesouro Direto, estão confirmando aquele nosso sentimento lá desde o fim de janeiro, de que essas aplicações vão continuar sangrando. Para um investidor conservador o refúgio hoje são papéis com juros pós fixados. Nesta categoria ficam Fundos DI, CDBs pós fixados, Letra de Crédito Agronegócio, Letra de Créditos Imobiliários, e Poupança. Ninguém vai ficar rico com essas aplicações conservadoras mas pelo menos não vai ficar pobre, o que é algo bem importante nesse momento ai de pessimismo no mercado brasileiro.


Mauro Halfeld pra CBN


Todos os comentários de Mauro Halfeld estão arquivados no site www.cbn.com.br
Transcrição autorizada do podcast de Mauro Halfeld para CBN